Moto Clubes mantêm tradição no Desfile Cívico em Campos

O Moto Club de Campos, o mais antigo do país em atividade, abriu o desfile das entidades na comemoração pelos 197 anos da Independência do Brasil, neste sábado (7), no Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop). Em seguida, desfilaram Moto Grupo Defensores e Moto Clube Panteras da Noite.

O presidente do Moto Club de Campos, Carlos Augusto, destacou a manutenção da tradição em mais um ano de Moto Club de Campos no desfile.

- Uma grande honra representar o Moto Club nesta data tão importante para o país. O nosso clube é a essência do pioneirismo de nossa cidade - primeira a contar com energia elétrica. Temos um enorme orgulho de refletir e carregar esse nome. Somos, sabidamente, o mais antigo da América da Sul e um dos mais antigos do mundo em atividade, desde  24 de Julho de 1932-  destacou.
O presidente do Moto Grupo Defensores, Leomar Nicolau Rodrigues, ressaltou o significado para o grupo em compor o desfile cívico em Campos.

- É uma data simbólica e entendemos o valor de participar do evento, de desfilar com nosso grupo. Temos uma proposta além do motociclismo, pautada em ações sociais dentro do município. Importante para nós conhecer e fazer parte de Campos, somar com a cidade, que é o que sempre buscamos – pontuou.
Uma das passagens que chamou a atenção do público, foi quando Edson Soares, o "capitão" do Moto Club, desfilou com as cachorrinhas Nani e Catarina - mãe e filha, 14 e 10 anos - que participaram pela terceira vez do desfile no Cepop.

- Elas andam de moto comigo desde bem pequenas, já tem muitos quilômetros rodados. É uma emoção, uma sensação muito bacana desfilar com elas. A criançada adora, as pessoas batem palmas, é muito divertido", contou.

O encerramento ficou por conta da União dos Triciclistas e Motociclistas (UTM), que abrange 22 Moto Grupos e Moto Clubes. "Já são 10 anos de muito orgulho para nós. Um ato de patriotismo e que valorizamos muito", finalizou Miguel de Carvalho, presidente da UTM.

O Desfile Cívico deste ano uniu militares e sociedade civil sob o tema Educação que Transforma.

Comentários