Com novo acesso em jogo, Goyta retorna ao palco do gol épico de Luquinha

Não é exagero dizer que o gol mais importante do Goytacaz nos últimos tempos foi marcado por Luquinha, em 2017, na vitória por 2 a 1 sobre o Americano. O tento encerrou um jejum de 25 anos longe da Série A do Campeonato Carioca. Duas temporadas se passaram e o Alvianil se encontra novamente na Segundona. E, mais uma vez, depende de um jogo em Friburgo para subir à Seletiva.

Em 2017 a semifinal da Série B1 era disputada em jogo único. Mandante, o Americano tinha vantagem do empate. O Moacyrzão, em Macaé, era a primeira opção para o duelo, mas a indisponibilidade do local forçou o Glorioso a levar a partida para Nova Friburgo. Na Região Serrana, Luquinha acabou definindo o duelo aos 44 minutos do segundo tempo. O resto é história.

Quis o destino que o Goytacaz, rebaixado na Série A deste ano, decida novamente o acesso em Friburgo. Dessa vez, no entanto, a desvantagem é ainda maior. Diante do Friburguense, o Alvianil precisa de uma vitória por três ou mais gols de diferença para voltar à Seletiva.

No jogo de ida, no Aryzão, o time da Rua do Gás decepcionou. Sem render seu melhor futebol, viu o Friburguense ser mais eficiente e vencer por 2 a 0. O Frizão, que já jogava por dois resultados iguais, ampliou a vantagem que tinha em mãos.

Ao Goyta, resta acreditar e confiar que os bons ventos de Nova Friburgo novamente soprarão a favor. O duelo acontece as 15h de quarta-feira (2). 

Fonte: FutRio 
Foto: Carlos Grevi

Comentários