Em jogo insano de cinco expulsões, São José de Itaperuna vence Brasileirinho: 3 a 2

image
Insano. Não existe outro adjetivo para definir o duelo entre Brasileirinho e São José, na abertura da Série C do Campeonato Carioca, neste domingo (6), em Petrópolis. Desde o início, quando o São José usou um calção emprestado do Serrano para que os uniformes amarelos de ambos não confundissem. No fim, após cinco expulsões (todas no segundo tempo), pênalti perdido e cinco gols, os visitantes venceram por 3 a 2 e somaram os primeiros três pontos no Grupo C da competição. João, Pelé e Fábio marcaram os gols do time de Miracema, enquanto Romarinho e Jandir fizeram os tentos dos mandantes.

O primeiro gol do jogo foi do São José e veio já na reta final do primeiro tempo, após um longo período de poucas emoções. Aos 39 minutos, João foi lançado em profundidade, ganhou a dividida do goleiro Jean e conseguiu tocar para abrir o placar para o São José. Contudo, já no começo da segunda etapa, aos nove minutos, Jandir chutou para o gol e Jair cortou com o braço na área: pênalti. Romarinho bateu, o goleiro Cleyverson defendeu, mas o próprio Romarinho converteu no rebote, contando com a ajuda do travessão. Tudo parecia caminhar para a virada do Brasileirinho. 
image
A maré virou completamente para os mandantes, no entanto, aos 16 minutos, quando João Pedro fez falta em Pelé próximo à entrada da grande área. Como já tinha cartão amarelo, o lateral-esquerdo foi expulso. Inconformado com a decisão, o atacante Romarinho partiu para cima e ofendeu o árbitro Rogério Lucas dos Santos, que imediatamente também o expulsou. O jogo ficou parado por quase três minutos e o Brasileirinho, que tinha um homem a mais, de uma hora para outra, passou a ter um homem a menos.

Logo após a parada técnica, em cobrança de falta da meia lua da grande área, Pelé bateu, a bola acertou o pé da trave, tocou no calcanhar do goleiro Jean e entrou, recolocando o São José na frente do placar. Em seguida, o Brasileirinho perdeu mais um jogador: o zagueiro Carlos, que recebeu o segundo cartão amarelo após falta dura no meio campo. Com dois a mais, o São José aproveitou e fez o terceiro gol com o centroavante Fábio, numa bela conclusão no alto após cruzamento da esquerda.

Tudo parecia estar controlado, mas aos 34 minutos pintou outra expulsão: Mina, do São José, fez falta na defesa e, por receber o segundo cartão amarelo, foi para o chuveiro. O Brasileirinho então se animou e, após jogada individual de Marcos Vinícios, Jandir apareceu com o gol aberto e finalizou para descontar. A reação, no entanto, parou por aí, e os três pontos ficaram mesmo com os visitantes.

Os dois times voltam a campo na próxima quinta-feira (10): o São José recebe o Paraíba do Sul, 15h, no Ferreirão, em Cardoso Moreira, enquanto o Brasileirinho visita o Atlético Carioca, no mesmo horário, em Itaboraí, no Alzirão.

Brasileirinho 2x3 São José - Carioca Série C, 1ª rodada do Grupo C - 06/10/2019 às 15h

Estádio Atílio Marotti (Petrópolis-RJ)
Árbitro: Rogério Lucas dos Santos
Assistentes: Diego César Borges e Ricardo Araújo de Souza

Brasileirinho: Jean; Jandir, Gustavo, Carlos e João Pedro; Vitinho (Thiaguinho, 11'/1ºT), Maicon e Marcos Vinícios; João Victor, D'Jean e Romarinho. Técnico: Jorge Bug.

São José: Cleyverson; Mareon (Luan, 12'/2ºT), Leandro, Jair e Mina; Paulinho, Arthur, Jhonny e Pelé; João (Jorge, 25'/2ºT) e Fábio. Técnico: Pingo.

Cartões amarelos: Jandir, João Pedro e Carlos (BRA); Jair e Mina (SJO)

Cartões vermelhos: João Pedro, 16'/2ºT; Romarinho, 18'/2ºT; Carlos, 29'/2ºT (BRA); Jair, 6'/2ºT; Mina, 34'/2ºT (SJO)

Gol: João, 39'/1ºT (0-1); Romarinho, 9'/2ºT (1-1); Pelé, 23'/2ºT (1-2); Fábio, 30'/2ºT (1-3); Jandir, 36'/2ºT (2-3)

Público: 180 pagantes (35 presentes)
Renda: R$ 1.350,00

Fonte: FutRio
Fotos: Igor Cruz

Comentários