Friburguense bate o America e é campeão da Série B1 do Carioca

90 minutos incontestáveis e a taça indo para Nova Friburgo. Na decisão da Segundona e com gols de Maycon e Toshiya, o Friburguense venceu por 2 a 1 e conquistou o título da Série B1 do Campeonato Carioca, em Moça Bonita. 

Frizão cria mais chances, sai frente e por pouco não amplia
A primeira boa chance da partida veio da equipe de Nova Friburgo. Jorge Luiz deu bom passe na ponta esquerda, Maycon ficou na boa, limpou para o meio e bateu forte, mas a bola foi por cima da meta de Deola. A partida passou por minutos sem oportunidades, até quando Toshiya achou Maycon, que avançou pela esquerda, invadiu a área e tocou na saída de Deola. Quando a bola ia entrando, Lucão tentou afastar, mas não conseguiu e a redonda morreu no fundo do barbante americano.
image
O Frizão seguiu com as melhores chances. Aos 28, Maycon entrou pela esquerda de novo, bateu forte, mas a bola saiu rente a trave direita de Deola. Dois minutos depois, Maycon fez mais uma boa jogada pela esquerda, cruzou rasteiro e Toshiya, livre, mandou para fora, perdendo uma chance incrível. O America demorou, mas respondeu. Aos 34, Pedrinho fez linda jogada pelo meio, bateu rasteiro e a bola saiu com perigo, à direita de Afonso.

Pedrinho assustou de novo. Aos 39, o camisa 11 cobrou falta, a bola ia no cantinho, mas Afonso apareceu bem e botou para escanteio. Após a cobrança curta, Lucão aproveitou bola alçada por Quaresma, testou, mas para fora da meta defendida por Afonso. O Frizão mostrou que estava vivo. Toshiya ficou na cara de Deola, tentou tirar do goleiro, mas o camisa 1 do America defendeu. No rebote, Dedé ficou com a bola, tentou colocar no cantinho, mas mandou para fora, perdendo mais uma chance incrível.
image
America pressiona, mas é o Friburguense quem marca e amplia
Correndo atrás do placar, o America assustou primeiro na segunda etapa. Pedrinho cobrou falta com muita categoria e a bola explodiu na trave esquerda de Afonso, que voou, mas não chegou na redonda e só rezou. Na sequência, após escanteio da direita, Afonso saiu mal do gol, a bola sobrou para Chrispim. O atacante dominou, bateu forte e Diego Ibraim salvou em cima da linha.

A pressão do America resultou em gol do Friburguense. Isso mesmo. Aos 12 minutos, Ricardo saiu na cara de Deola, chegou antes do goleiro, passou por ele, e tocou para o meio. Toshiya, livre, escorou para o gol vazio, fazendo 2 a 0, silenciando a torcida do America em Moça Bonita.

O America voltou a assustar aos 33. Após cobrança de escanteio, Afonso saiu mal de novo e a bola sobrou para Chrispim. O camisa 17 dominou, bateu para o gol, mas Julio Cesar salvou o Friburguense em cima da linha. Quando parecia que a partida ia caminhar para os 2 a 0 e o título do Friburguense, Pedrinho botou as asas de fora. O camisa 11 aproveitou falta próxima a área, bateu com categoria e fez um golaço, diminuindo o placar. Mas o título foi mesmo para Nova Friburgo!

America 1x2 Friburguense- Carioca Série B1, final (jogo da volta) - 12/10/2019 às 15h

Estádio Moça Bonita (Bangu - RJ)
Árbitro: Alex Gomes Stefano  
Assistentes: Gustavo Mota Correia e Guilherme Vogas Tavares

America: Deola; Wagner Diniz (Julinho, intervalo), Lucão, Vladimir (Daniel, 20'/2ºT) e Quaresma; Araruama, Anderson Künzel e Miguel; Chayene (Chrispim, 38'/1ºT), Pedrinho e Matheus Babi. Técnico: Ney Barreto.

Friburguense: Afonso; Murillo, Magrão, Julio Cesar e Digão; Ricardo, Diego Ibraim (Bidu, 26'/2ºT) e Jorge Luiz; Maycon (Dieguinho, 9'/2ºT), Toshiya (Wellington, 43'/2ºT) e Dedé. Técnico: Cadão.

Gols: Maycon, 10'/2/ºT (0-1); Toshiya, 12'/2ºT (0-2); Pedrinho, 40'/2ºT (1-2);

Cartões amarelo: Deola, Miguel, Chrispim, Araruama (AME); Toshiya, Dedé (FRI)

Público: 790 pagantes (643 presentes)

Renda: R$ 11.800,00

Fonte: FutRio
Fotos: Igor Cruz

Comentários