JECs já realizou mais de 12 mil jogos e competições


Depois de 60 dias, mais de 12 mil jogos e competições no atletismo, natação, basquete, handebol futevôlei, futsal, vôlei, tênis de mesa e xadrez, reunindo cerca de 5 mil estudantes, divididos nas categorias de 15 e 18 anos de 70 escolas das redes municipal, estadual federal e particular, a terceira edição dos Jogos Estudantis de Campos foram encerrados neste fim de semana. A competição é realizada pela Prefeitura de Campos, por meio da Fundação Municipal de Esportes (FME) e secretaria Municipal de Educação.

As competições finais começaram na quadra do Instituto Federal Fluminense com os jogos de handebol feminino e masculino. Na categoria feminina, as atletas do Colégio Batista foram campeãs. O 2º lugar ficou para a equipe do Censa e o 3º para o IFF Centro. Já na categoria masculina, o primeiro lugar ficou com o Censa. O segundo foi o Colégio Estadual Atilano Chrisóstomo de Oliveira, de Saturnino Braga. Já em 3º, Colégio Salesiano.

No futsal, a equipe do Colégio Estadual Felix Miranda foi o grande campeão do futsl, categoria 18 anos, no futsal. No tempo regulamentar o jogo terminou empatado em 4 a 4, levando para o pênaltis, onde o time do Felix Miranda venceu na cobrança dos penâltis, 5 a 4 . Censa ficou com o 2º lugar e os jogadores do Colégio Estadual Nilo Fernandes como 3º lugar.

— Fico muito feliz com esta terceira edição dos JECs-2019, que superou todas as expectativas de escolas e alunos. Foram mais de 12 mil jogos, mostrando que no esporte não existe diferença, todos podem participar e vencer. Esse é o objetivo do esporte, promover a inclusão e trabalhar para a construção de uma sociedade melhor e mais saudável. O resultado, podemos conferir nestes dois meses, onde alunos e professores buscam o melhor resultado. Ao longo dos últimos três anos, desde que a Prefeitura, resgatou os JECs, que não acontecia há mais de 10 anos, o crescimento e envolvido de todos em prol do esporte e da educação. Quero agradecer aos pais e responsáveis que acreditaram no nosso trabalho a toda a equipe da FME, que vestiu mais uma vez a camisa, trabalhando para garantir a realização de cada a jogo — destacou o presidente da FME, Raphael Thuin.

Comentários