Jogadores lesionados do Flamengo trabalham no CT do Ninho do Urubu

Filipe Luis Arrascaeta
A segunda-feira foi de trabalho para Diego, Lincoln, Filipe Luís, Arrascaeta e Berrío. Os cinco atletas estiveram no Ninho do Urubu nesta manhã, dando sequência às respectivas recuperações no CT do Flamengo. Os tratamentos ocorrem dentro do esperado, com o uruguaio, por exemplo, indo ao local pela primeira vez desde que operou o joelho esquerdo, na manhã de sexta-feira.

Arrascaeta sofreu uma lesão no ligamento colateral medial e no menisco medial do joelho esquerdo. Após o procedimento cirúrgico, recebeu alta e iniciou o trabalho de fisioterapia no sábado, acompanhado por médicos do clube, que não informa previsão para recuperação. Contudo, sua presença na semifinal da Libertadores contra o Grêmio. no dia 23, é vista como improvável.

Orlando Berrío, por sua vez, foi o único jogador do quinteto que foi ao Sul do Brasil para os jogos com o Grêmio e Chapecoense. O colombiano deixou o duelo na Arena Condá com dores, após 34 minutos em campo, foi reavaliado e não teve lesão constatada. Sofreu apenas uma entorse no tornozelo direito.

Os dois já estão entregues ao departamento médico há mais tempo. Diego foi operado em 25 de julho, após fraturar o tornozelo esquerdo. Está em processo de transição. A ideia é de que o meia volte a atuar ainda nesta temporada.

Já Lincoln trata de uma lesão muscular na coxa direita, sofrida em 28 de julho. O jovem sofreu lesão similar no início do ano. Com Gabigol na Seleção Brasileira, ele pode voltar a ser relacionado por Jesus nos próximos jogos.

Os demais jogadores, que estiveram no Sul do Brasil na última semana, para jogos contra o Grêmio, pela Libertadores, e Chapecoense, pelo Brasileirão, estão de folga nesta segunda-feira e têm reapresentação marcada para terça, às 16h, no Ninho do Urubu. O Flamengo se prepara para enfrentar o Atlético-MG, na quinta às 20h, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Maracanã.

Comentários