Macaé Oilers encara o Flamengo neste domingo

O domingo, dia 6 de outubro, será um dia decisivo para o Macaé Oilers. O time entra em campo contra o Flamengo imperadores. Sem vencer ainda na temporada, uma vitória garante a sua permanência na Liga BFA em 2020.

Em caso de derrota, o time precisa contar com o tropeço do Corinthians Steamrollers, que também não venceu ainda na temporada. Caso as duas equipes continuem sem vencer, o Macaé garante a vaga pela força de tabela.

Depois de encarar os maiores adversários da Liga, entre eles, o bicampeão invicto, o Galo FA, o Oilers terá pela frente o time Rubro Negro, que também não vem tendo uma grande performance nesse ano.

Em quatro jogos, o Flamengo venceu apenas um e, por conta disso, está em quarto lugar no Grupo A da etapa Sudeste, uma posição acima do Oilers.

O presidente do Macaé, Marcelo Mizurini, diz que a competição é muito disputada e o Oilers, apesar de não ter vencido, teve um bom desempenho nos quatro jogos disputados até o momento. Agora o momento é para alinhar algumas coisas e focar no próximo desafio.

“A expectativa do nosso time é trazer a vitória para nossa casa. Tudo foi muito novo para nosso clube nesta temporada tanto em âmbito administrativo, quanto operacional e logístico. Há uma diferença gritante em qualidade técnica da elite para as divisões de acesso. Tivemos quatro jogos muito difíceis, onde cometemos erros que entendemos não serem mais possíveis diante de adversários tão qualificados, mas serviram de aprendizado”, explica ele.

Eles acreditam que essas mudanças serão fundamentais para conquistar o objetivo final: permanecer na elite. “Para este jogo, amadurecemos e criamos experiência dentro do campeonato para entrarmos em campo 100% cientes do que deve ser feito. A vitória contra o Flamengo é muito significativa. Primeiro pela instituição que eles representam, segundo por ser nossa primeira vitória na elite e terceiro porque passaríamos o Rubro Negro na classificação geral, eliminaríamos a chance de queda e rebaixaríamos o Corinthians para a segunda divisão, mostrando que com um trabalho sério e com pouco investimento é possível realizar uma campanha satisfatória”, diz Marcelo. “Respeitamos o Flamengo, mas vamos em busca da vitória”, finalizou Mizurini.

Um fato curioso é que o Flamengo foi o primeiro adversário do Oilers ainda no começo de sua trajetoria. No dia 1 de maio de 2016, o time dava um passo importante na história do esporte. O clube deixava a modalidade No Pads e migrava para a categoria full pads.

A partida aconteceu no Moacyrzão e contou com um público de quase 1 mil pessoas. O Flamengo, mais experiente, acabou levando a melhor na época ao vencer por 28 a 7. O tempo passou e o Oilers cresceu e foi ganhando força e reconhecimento no futebol americano nacional.

De lá para cá, muita coisa mudou. Os Petroleiros foram campeões carioca daquele mesmo ano e hoje integra o seleto grupo das 33 maiores equipes nacionais, isso graças ao sangue e suor de seu grupo de atletas, a paixão de sua torcida e praticamente nenhum apoio do poder público.

Desta partida em 2016 até hoje, o Oilers acumula 30 jogos, com 19 vitórias e 11 derrotas, um título de campeão carioca e um vice campeonato da Divisão Sudeste da Liga Nacional de Futebol Americano.

Comentários