Palmeiras bate o Botafogo e volta a vencer no Brasileiro

O Palmeiras 'fez o básico' para voltar a vencer no Campeonato Brasileiro. Depois de dois empates e uma derrota, a equipe comandada por Mano Menezes bateu o Botafogo na noite de hoje, no Estádio do Pacaembu, por 1 a 0. Thiago Santos foi o autor do gol, ainda no primeiro tempo. A partida foi válida pela 25ª rodada.

Com o triunfo, o Alviverde retoma a segunda colocação da tabela, agora com 50 pontos, e diminui, temporariamente, a vantagem para o Flamengo (55 pontos). O líder visita o Athletico amanhã. Ao mesmo tempo, o Santos (47) enfrenta o Internacional e pode retornar à vice-liderança. O Botafogo, por sua vez, fica com 30 pontos, na 12ª colocação.

O Palmeiras volta a jogar como mandante na próxima quarta-feira (16), às 21h, contra a Chapecoense. O jogo, desta vez, será no Allianz Parque — hoje ocupado com show da dupla Sandy & Junior. O clube carioca fará clássico com o Vasco no mesmo dia, em São Januário, às 21h30.

Melhor, Thiago Santos domina marcação e surpreende no ataque
Geralmente quando é escalado, Thiago Santos tem uma função: desarmar. Até por suas características, o volante mal costuma chegar ao ataque. Só que na noite de hoje, além de dominar o meio-campo e anular os homens de frente do Botafogo, foi uma grata surpresa: infiltrou, tabelou com Gustavo Scarpa e tocou na saída do goleiro para fazer o gol. Contudo, acabou suspenso ao receber o terceiro amarelo. Pelo lado do clube carioca, Diego Cavalieri esteve inspirado e salvou mais de uma vez a sua equipe de levar a segunda.

O pior: João Paulo não corresponde na criação
Sem nomes de peso, como Cícero e Diego Souza, João Paulo era o principal nome da criação botafoguense. Acontece que o jogador teve noite apagada, bem como seus companheiros, como um todo, e foi substituído aos 4 minutos do segundo tempo.

Henrique Dourado reestreia substituindo Deyverson
A opção de Mano Menezes para o lugar do lesionado Luiz Adriano foi Deyverson. Sem fazer uma partida brilhante, o atacante acabou substituído por Henrique Dourado. Este, por sinal, estreou novamente pelo clube e quase deixou um de cabeça, após cruzamento de Dudu. Faltou pontaria. Aos 47, recebeu um presente da zaga, mas parou em Cavalieri.

Palmeiras marca forte e vence de forma tranquila
Forte na marcação, a equipe de Mano Menezes fez jogo seguro. Depois que abriu o placar com Thiago Santos, teve o jogo na mão, como gosta fez o básico. Por falta de capricho ou até mesmo inspiração, acabou não ampliando a vantagem e exibindo um futebol de 'encher os olhos'.

Botafogo sente ausências e pouco cria
O Alvinegro começou bem, equilibrando as ações, só que deu espaço na marcação e levou o gol. Diante de um Palmeiras recuado, teve posse de bola, mas praticamente não conseguiu criar jogadas de perigo — muito por conta da forte marcação adversária. Na etapa final, as trocas não surtiram efeito e as ausências de Rodrigo Pimpão, Cícero e Diego Souza, suspensos, foram sentidas.

Cronologia do jogo
O Palmeiras foi se soltando aos poucos e facilmente chegou ao gol. Aos 14 minutos, Thiago Santos tabelou com Scarpa e deslocou Cavalieri para abrir o placar. Com a vantagem, o alviverde explorou contra-ataques, mas não conseguiu ampliar a vantagem no primeiro tempo.

Na segunda etapa, Marcos Rocha não deixou o seu por pouco. Ele recebeu na entrada da área, cortou o marcador e bateu com a esquerda. Cavalieri encaixou bem. Aos 18, Bruno Henrique limpou a marcação e bateu forte, cruzado, para importante defesa de Cavalieri. Perto do fim, Dudu fez uma linda jogada, driblou o zagueiro e rolou para trás. Bruno Henrique completou para o gol, mas o camisa 7 estava em posição de impedimento no começo da jogada. O goleiro botafoguense ainda parou Dourado em uma linda defesa.

Já vai?
O jogo caminhava sem muita empolgação, aos 25 minutos da primeira etapa, quando o médico do Palmeiras foi atender Luan e protagonizou um lance engraçado. Ele escorregou e acabou acertando o braço do zagueiro. No fim, o jogador foi devidamente socorrido e seguiu em campo.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 X 0 BOTAFOGO

Data e horário: 12 de Outubro de 2019, sábado, às 21h (de Brasília)
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo
Árbitro: Anderson Daronco
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno Andrade Júnior
Cartões amarelos: Luan, Thiago Santos (Palmeiras); Fernando, Joel Carli (Botafogo)
Gol: Thiago Santos, aos 14' do primeiro tempo;

PALMEIRAS
Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Matheus Fernandes), Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Zé Rafael (Lucas Lima), Dudu e Deyverson (Henrique Dourado). Técnico: Mano Menezes.

BOTAFOGO
Diego Cavalieri; Fernando, Joel Carli, Gabriel e Gilson (Igor Cássio); Alan Santos (Marcos Vinícius), Gustavo Bochecha e João Paulo (Yuri); Leo Valencia, Luiz Fernando e Vinicius Tanque. Técnico: Bruno Lazaroni (interino).

Comentários