Yony volta a marcar, e Fluminense vence o Botafogo no Nilton Santos

Botafogo x Fluminense
Com os dois times tentando sair da crise, o Fluminense levou a melhor sobre o Botafogo, por 1 a 0, neste domingo, no Nilton Santos. Com gol de Yony González, que também espantou a sua má fase, o Tricolor conseguiu a sua segunda vitória seguida e chegou a 25 pontos. Já o Glorioso chegou a seu quinto jogo sem vitória e parou nos 27.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O Glorioso recebe o Goiás, às 19h, no Nilton Santos. Pouco depois, às 21h30, o Tricolor visita o Cruzeiro, no Mineirão.
Botafogo x Fluminense
Ritmo lento
O Clássico Vovô começou fazendo jus ao nome: um tanto quanto lento. O Botafogo tentou aproveitar os espaços nas laterais do Fluminense, mas quem começou melhor foi o Tricolor, que teve finalizações com Yony e Daniel. Os donos da casa só foram levar algum perigo quando Digão errou uma saída de bola e, depois, aos 31, na primeira finalização na direção do gol. Cícero chutou de fora da área, mas pegou fraco e Muriel defendeu sem maiores dificuldades.

Sai, zica!
O Botafogo não conseguiu nem se animar com a primeira finalização no gol. Três minutos depois, quem chegou foi o Fluminense. E com eficiência. Gilberto fez boa jogada pela direita e cruzou para a área. Yony se antecipou a Carli e desviou, de cabeça, para o gol. O colombiano, que vinha sendo contestado pela torcida, não marcava há 11 partidas e comemorou com o tradicional gesto de "sai, zica".
Botafogo x Fluminense
Quem também parecia estar sofrendo com o azar era o ataque do Botafogo. Após o Fluminense abrir o placar, o Glorioso teve duas chances. Na primeira, Luiz Fernando finalizou de fora da área e a bola explodiu nas costas do companheiro Vinícius Tanque. Pouco depois, Tanque recebeu pela esquerda e tocou para Luiz Fernando, que estava livre dentro da área, mas chutou para fora.

Ficaram no quase
Na volta do intervalo, o Fluminense seguiu melhor em campo. E quase ampliou o placar em duas boas jogadas dentro da área do Botafogo. Primeiro, após tabela entre Yony e Daniel, o colombiano tocou para Allan, que finalizou na rede pelo lado de fora. Logo depois, o próprio Yony quase fez o seu segundo. Ele recebeu de Daniel, cortou Gabriel, deixando o zagueiro no chão, e chutou rasteiro, para grande defesa de Gatito.

Barroca mexeu em todo o ataque do Botafogo e chegou a tentar pressionar o Fluminense, mas só teve uma boa chance de gol, em cabeçada de Pimpão defendida por Muriel. Mesmo apostando mais no contra-ataque, o Tricolor levou mais perigo, com Wellington Nem e João Pedro. 

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 x 1 FLUMINENSE

Estádio: Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
​Data-hora: 06/10/2019, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Rafael Trombeta (PR)
VAR: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Gramado: Regular.
Cartões amarelos: Gilson, Victor Rangel, Diego Souza e Carli (BOT), Allan (FLU)

GOL: Yony González, 34'/1ºT (0-1)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Gabriel e Gilson; Cícero, Gustavo Bochecha (Léo Valencia,  30'/2ºT), João Paulo e Diego Souza; Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão, 17'/2ºT) e Vinícius Tanque (Victor Rangel, 17'/2ºT). Técnico: Eduardo Barroca.

FLUMINENSE: Muriel; Gilberto (Igor Julião, 37'/2ºT), Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel (Guilherme, 26'/2ºT), Ganso (Wellington Nem, 31'/2ºT) e Nenê; Yony González e João Pedro. Técnico: Marcão.

Comentários