Fim da festa do título é marcado por confronto entre vândalos e policiais

Confusão - Festa
A festa ia muito bem, obrigado. Muita vibração, músicas, torcedores interagindo com o público, porém, depois de um desfile pacífico do trio elétrico, uma confusão entre vândalos e policiais marcou o fim das comemorações no Centro do Rio - mais precisamente na Avenida Presidente Vargas.

Tudo deu início quando o caminhão que conduzia a delegação rubro-negra chegou próximo à Rua de Santana. E, como algumas pessoas queriam seguir atrás da equipe e foi impedida pela polícia, o confronto teve o seu início, por volta das 16h30. Alguns torcedores passaram mal e foram carregados. 

Cabe destacar que, anteriormente, o fim do desfile estava previsto para os arredores do Monumento a Zumbi dos Palmares. Pedras, bombas de efeito moral e até tiros de bala de borracha transformaram o local numa praça de guerra. No tumulto, até um guarda municipal foi atropelado pelo próprio carro das autoridades. 

Neste momento, jogadores e comissão técnica do Flamengo foram para o prédio do Batalhão de Choque da Polícia Militar, em seguida a festa pública acabou. 

Comentários