Paraesporte de Campos conquista medalhas no Torneio Olimpíadas Especiais Brasil

As equipes do Paraesporte, maior projeto público voltado para pessoas com deficiência  do país, continuam fazendo bonito por onde andam. Neste domingo (3) os atletas conquistaram medalhas de ouro, prata e bronze no Torneio Águas Abertas e de Vôlei de Praia Unificado das Olimpíadas Especiais Brasil (OEB).  O time de vôlei feminino ficou com a medalha de ouro, o campista Kauan da Silva Ribeiro, ficou com a medalha de prata na prova de 1.500 metros na natação e o vôlei masculino com o terceiro lugar.

"O Torneio das OEB  tem como proposta trabalhar a inclusão das pessoas com deficiência intelectual preparando para  as competições regionais, estaduais e nacionais",  explicou o coordenador do Paraesporte, Fábio Coboski. “Estamos satisfeitos e orgulhosos dos nossos atletas que conseguiram um excelente resultado no Torneio. O Kauan,  por exemplo, chegou em primeiro lugar na prova de natação no mar, no entanto, como  a prova tinha ainda uma corrida na areia e ele não sabia, deixando a vitória escapar. Mas o resultado foi muito positivo“, concluiu o coordenador Coboski.  
Já o nadador Marcelo Gonçalves de Souza, o Fofão ficou com o 5º lugar na prova de 1.500 metros. ”Participar de eventos como esse é  muito importante para os nossos atletas, principalmente porque em sua maioria eles treinam na piscina e poder participar de uma prova no mar, é  um desafio diferente para os nossos nadadores, mas de grande importância para o desenvolvimento deles, explicou o professor e técnico de natação do Paraesporte,  Luiz Felipe Gomes de Almeida.

— Independente do resultado dos nossos atletas costumo dizer que eles são verdadeiros campeões e muito tem nos ensinado ao longo desses quase três anos de criação do Projeto  Paraesporte, mostrando  vontade de superação e crescimento. Neste domingo, eles representaram muito bem Campos dos Goytacazes , trazendo mais três medalhas. Mostra que o trabalho que a Prefeitura de Campos vem fazendo com as pessoas com deficiência esta dando bons resultados, não só pelas medalhas conquistadas, mas pela qualidade de vida que esta sendo oferecidas aos nossos alunos,— destacou o presidente da Fundação Municipal de Esportes Raphael Thuin, que é  um dos Embaixadores das Olimpíadas Especiais Brasil.

Comentários