​Fluminense x Fortaleza: Maracanã receberá duelo de tricolores nesta quarta-feira

Resultado de imagem para ​Fluminense x Fortaleza
Nesta quarta-feira (4), teremos a abertura da rodada 37 da ​Série A do Brasileirão, a penúltima da competição. O Maracanã receberá duelo de tricolores entre Fluminense e Fortaleza, com os donos da casa já livres de qualquer chance de rebaixamento, e os visitantes ainda sonhando em beliscar uma pré-Libertadores. 

Confira a seguir tudo o que você precisa saber sobre estre confronto:

​​Ficha técnica e onde assistir
Ficha técnica:​ ​Fluminense x Fortaleza
​Motivo: ​37ª rodada do Brasileirão 2019
​Data: ​04/12/2019
​Hora: ​21h30 (de Brasília)
​Local: ​Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
​Árbitro: ​Raphael Claus (SP)
​VAR: ​José Claudio Rocha Filho (SP)
​Onde assistir: ​TV Globo e Premiere

Para este compromisso, o ​Fluminense contará com os retornos do meia Daniel e do zagueiro Digão, que cumpriram suspensão pelo terceiro amarelo na rodada passada. Os desfalques ficam a cargo de Guilherme (suspenso), Muriel e Ganso, sendo que estes dois últimos só devem voltar aos gramados em 2020, já que estão no departamento médico.

Pelo lado do ​Fortaleza, o comandante Rogério Ceni pode promover a campo sua formação considerada ideal, já que não há lesionados ou suspensos para a partida. Atenção especial no trio de ataque do Leão do Pici, todos com passagem pelo clube das Laranjeiras.

​Provável Fluminense:
Marcos Felipe; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Yuri, Dodi e Daniel; Marcos Paulo e Yony González​.

​Provável Fortaleza: ​
Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe e Edinho; Romarinho, Osvaldo e Wellington Paulista.

O Fortaleza não sabe o que é derrota no Brasileirão desde o dia 6 de novembro, quando foi batido por 3 a 2 em jogo duríssimo contra o Corinthians. Muito entrosada e organizada, a equipe de Rogério Ceni mantém vivo o sonho do G-8, motivação extra que seu adversário da rodada. O Fluminense, já livre do 'fantasma do rebaixamento', brigar por vaga na Sul-Americana. 

Comentários