Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Americano faz o Clássico Tio Sam contra o America, neste sábado no Giulite Coutinho


Na estreia no Grupo X, o Americano acabou ficando no empate por 0 a 0 com o Nova Iguaçu no último sábado (18), e perdeu uma boa oportunidade de pular na frente. A pergunta que fica é: Será que a não classificação para a fase principal do campeonato Carioca segue atrapalhando o lado emocional do Alvinegro Campista? Alex Pixote não escondeu que a equipe sentiu muito o baque.

- Com certeza a eliminação mexeu com a gente, não colocamos o Americano no lugar em que ele merecia estar e deixamos de ter uma visibilidade que é importante para qualquer um. Qual jogador não quer enfrentar o Flamengo no Maracanã? - ressaltou o meia.

Sobre o empate contra o Nova Iguaçu, Alex Pixote afirmou que o Americano criou oportunidades para vencer a partida, mas não transformou em gols as chances que criou.

- É lógico que queríamos iniciar com uma vitória, criamos várias oportunidades, mas infelizmente o gol não veio. Fico feliz pelo desempenho da equipe, mas não com o resultado da partida. Mas eu sou um servo de Deus, então não posso reclamar das coisas que me acontecem e sim glorifica-lo. Então Glória a Deus por essa partida - destacou.

Nesta rodada o Americano faz o Clássico Tio Sam contra o America. A partida será no sábado (25), às 15h, no Estádio Giulite Coutinho.

AMERICA
Vai começar uma sequência mais do que importante para o America. A equipe terá três jogos seguidos em casa e precisa aproveitar essa grande chance para abrir frente no Grupo X. Sabendo da importância das partidas, Deola afirmou que qualquer tropeço, um empate que seja, no Giulite Coutinho será ruim para o Mecão.  


- A tabela acabou fazendo com que jogássemos três jogos em casa e depois finalizássemos com dois fora. Por isso, temos que conquistar o maior número de pontos possíveis dos nove que disputaremos em casa. Já foi provado o quanto é difícil jogar fora de casa. Perdemos para o Nova Iguaçu e o último jogo será contra eles. Embora já estamos sem vencer há alguns jogos, estamos focados para buscar vitórias. Creio que qualquer empate em uma das três partidas em casa serão ruins - ressaltou o goleiro.

O primeiro adversário da sequência dos três jogos em casa será o Americano, que nos últimos anos vem enfrentando o America diversas vezes. Deola relembrou a rivalidade recente do duelo e previu um jogo muito complicado para o Mecão.  

Comentários