Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Confiança alvinegra antes da decisão contra o Friburguense

Titulares fizeram treino regenerativo nesta quinta (09)
O clima é de confiança no Centro de Treinamento Eduardo Viana, onde o Americano encerra nesta sexta-feira (10) a preparação para o jogo decisivo de sábado (11), contra o Friburguense, pela última rodada da Seletiva do Campeonato Estadual. Na tarde desta quinta (09), os jogadores que atuaram na vitória por 1 a 0 sobre o Macaé, na última quarta (08), fizeram treino regenerativo com direito a banheira de gelo, enquanto o restante do grupo participou de atividades no gramado. A delegação alvinegra embarca para Nova Friburgo após o treino desta manhã.

Vice-líder da fase preliminar, com sete pontos — três a menos que o líder Nova Iguaçu —, o Americano não perde há três jogos. Após o revés na estreia, contra a Portuguesa, o Glorioso empatou com o America e triunfou sobre Macaé e Nova Iguaçu.

— Tivemos um começo ruim, mas, graças a Deus, nos recuperamos. Temos um grupo forte. Vamos focados para conquistar a vitória no sábado, que é o que importa para a gente conseguir o que sempre foi nosso objetivo. Desde que o professor Josué montou o grupo, o objetivo era o acesso para a verdadeira Série A. Estamos em busca disso. Se Deus quiser, vamos para lá fortes, focados. Vamos à luta para conseguir esse acesso — disse o zagueiro Espinho.

Um dos atletas do elenco de maior identificação com o Americano, Espinho pregou seriedade para enfrentar o lanterna Friburguense, mesmo sabendo que o adversário já não tem chance de classificação às fases principais do Estadual.

— Essa coisa de favoritismo, deixa para o torcedor, quem vive isso. Para a gente, não tem favoritismo. Lá, tem 11 jogadores que também querem a mesma coisa, querem a vitória. Eles não têm chance mais, mas sei que, pelos jogadores que conheço, tenho até amigos lá, eles vão para ganhar o jogo. Nosso objetivo é a vitória. Tivemos um começo com derrota, depois empatamos com o America, e nosso objetivo era de ganhar os três jogos (seguintes). Falta um. Se Deus quiser, vai dar tudo certo — pontuou Espinho.

Qualquer vitória sobre o Friburguense será suficiente para colocar o Americano nas Taças Guanabara e Rio. Caso empate ou perca, terá que torcer por uma combinação de resultados. Também brigam pela segunda vaga o Macaé e o America, ambos com seis pontos, que vão fechar a Seletiva enfrentando Nova Iguaçu e Portuguesa, respectivamente. Com 10, a Lusa já está classificada. O Nova Iguaçu tem três e não pode mais avançar.

Comentários