Pular para o conteúdo principal

Anúncios

COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JÚNIOR: Inter vence Corinthians e está na final

Internacional calou a Arena Barueri e avançou para a final
O Corinthians conseguiu furar apenas uma vez a melhor defesa da Copa São Paulo de Futebol Júnior na noite desta terça-feira e ficou sem a vaga na final ao ser derrotado pelo Internacional, por 3 a 1, na Arena Barueri.

Essa foi a primeira derrota do time comandado por Dyego Coelho, que vinha de quatro vitórias seguidas.

Sem ser campeão desde 1998, o Internacional aguarda quem passar do duelo entre Oeste e Grêmio, marcado para essa quarta-feira, às 17h30, também em Barueri.

COLORADO NA FRENTE
O primeiro lance de perigo do jogo foi do Internacional aos sete minutos. Praxedes desviou cruzamento rasteiro e Guilherme fez boa defesa. Na sequência, Guilherme Pato bateu em cima do goleiro corintiano.

Melhor em campo, o Internacional não demorou para abrir o placar em Barueri. Guilherme Pato arriscou de fora da área e mandou no cantinho. O Corinthians acordou e só não empatou porque Emerson espalmou chute de Ruan Oliveira.

O time paulista passou a ter mais posse de bola, mas tinha dificuldades para entrar na área adversária. No último lance do primeiro tempo, Léo Pereira cruzou e Rafael, livre de marcação, cabeceou para fora.

COMPLICOU
A situação do Corinthians ficou ainda mais delicada aos quatro minutos do segundo tempo. Guilherme Pato desarmou Lucas Pires e cruzou rasteiro para Matheus Monteiro completar para o gol aberto.

Na base do desespero, o Corinthians se lançou para frente e deu espaço para o contra-ataque colorado. Aos 15, Matheus Monteiro levou perigo em chute por cima. O time paulista quase diminuiu com Adson, mas o chute foi nas mãos de Emerson.

Aos 30 minutos, Nicolas soltou a bomba de fora da área e mandou no ângulo de Guilherme, fazendo o terceiro para o Internacional e calando a Arena Barueri. O abatimento tomou conta dos jogadores corintianos.

Através de uma cobrança perfeita de falta do meia Ruan Oliveira, o Corinthians diminuiu aos 41 minutos.

Comentários