Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Gedeil amplia idolatria e diz que gol decisivo foi o mais importante da carreira

image
São 282 jogos, com 14 gols, mas um deles muito importante. Ídolo maior do Macaé, Gedeil chegou a anunciar a aposentadoria em 2016, voltou ao futebol atuando no Casimiro de Abreu, time da sua cidade natal, mas em 2018 retornou ao Alvianil Praiano, mas para sua mais breve passagem. Em 2020, um novo convite para defender o Leão do Norte Fluminense, mas o volante não imaginava o que estava por vir.

Assumindo a titularidade desde os primeiros treinos, o volante de 36 anos via sua equipe em um momento difícil na última rodada da Seletiva ao perder por 2 a 0 para a Portuguesa. Após diminuir o placar, coube a Gedeil empatar o jogo. Ele ainda não sabia, mas o seu tento levaria o Macaé para a fase principal do Campeonato Carioca. E ele não teve dúvidas em afirmar que esse gol foi o mais importante de sua carreira.
image
- Eu considero que o meu gol contra a Portuguesa foi o momento mais importante da minha carreira. Pelas circunstâncias, de ter me aposentado, ter voltado, ter atuado no Casimiro de Abreu... Mas não é a mesma coisa de atuar no Macaé. Fico muito feliz. Quando o jogador chega a idade que eu cheguei, com 36 anos, as pessoas passam a olhar com desconfiança. Mas eu joguei todos os jogos da Seletiva e fiz o gol que colocou o clube no lugar de onde nunca deveria ter saído - vibrou o jogador.

Dúvidas se iria aguentar maratona de treinos e jogos 
Mas se a história está boa, ela fica ainda melhor. Gedeil admitiu que teve dúvidas se conseguiria atuar em alto nível este ano, mas graças a uma vida regrada, ele teve forças para treinar e jogar sem dores, como o próprio volante revelou.

- Não nego que fiquei com dúvidas nesse meu retorno. Quando me apresentei, pensei em desistir na primeira semana. Suportar toda a rotina de treinos, eu achei que sentiria muitas dores, como estava acontecendo quando eu parei. Mas fui treinando e graças a Deus estou jogando sem colocar nenhum remédio no corpo. Não sei se o período parado foi bom para mim, mas não tenho sentido dor nenhuma. E quando isso acontece, a tendência é atuar melhor - explicou o atleta, que prosseguiu.

- Eu nunca bebi, nunca fumei, sempre tive boas noites de sono. E sempre tive uma boa parte física, uma boa resistência. Isso me ajudou bastante. Mas sei que meu momento será curto, a cada jogo que eu disputo é menos um. A qualquer momento posso parar de novo. Mas a minha motivação de voltar foi para ajudar o Macaé e tenho certeza que eu ajudei.

Tristeza com anos ruins do clube 
Gedeil chegou a viver a glória máxima do clube, que foi o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, em 2014, mas sofreu com rebaixamento logo no ano seguinte. Após anunciar que penduraria as chuteiras, ele viu o Macaé despencar, deixar as competições nacionais e quase ser rebaixado no Carioca no ano passado. Ele lamentou muito o que o Alvianil Praiano passou, mas vê o momento atual como uma possibilidade de recomeço.

- Eu fiquei acompanhando o Macaé de longe e ficava muito triste. Um clube como o Macaé, ficar do jeito que estava era ruim para todo mundo, para quem joga, para quem jogou, para a cidade... E Macaé não merecia ficar de fora da fase principal, como ficou no ano passado. É um clube de tradição, com uma camisa forte. Mas isso já ficou no passado. Agora é dar prosseguimento e reviver bons ares - frisou.

Alerta para a fase principal 
Apesar da euforia com a classificação, Gedeil já virou as atenções para a fase principal do Campeonato Carioca. Ele alertou que será preciso subir o nível de atuação, pois os jogos tendem a serem mais difíceis.

- Vivemos uma alegria fora do normal, mas já estamos focados na fase principal. A responsabilidade aumenta, pois vamos enfrentar grandes clubes e temos que jogar bem para não passar vergonha. Já temos uma equipe formada e vamos tentar sair na frente dos clubes que já estão em formação. Vamos encarar logo o Flamengo, mas quem sabe esse bom momento que estamos vivendo continue - disse.

Agora na fase principal, o Macaé enfrenta logo de cara o Flamengo, atual campeão Carioca. O jogo acontece no próximo sábado (18), às 16h, no Maracanã. 

Fonte: FutRio 

Comentários