Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Vasco e Goiás se enfrentam por uma vaga nas quartas da Copinha


Os Meninos da Colina avançaram mais uma fase na Copa São Paulo 2020. O Vasco venceu a Itapirense-SP por 1 a 0, nesta terça-feira (14/1), no Estádio Coronel Francisco Vieira. O gol vascaíno foi marcado pelo atacante Luan. O adversário do Gigante nas oitavas de final será o Goiás, na quinta-feira (16/1), às 19h15, no mesmo local.

Os Meninos da Colina tem feito bonito na Copa São Paulo 2020. Na última terça-feira (14/1), o Vasco eliminou a Itapirense-SP na terceira fase da competição, após jogar pelo terceiro dia consecutivo. O duelo contra o Náutico, iniciado no domingo (12), foi suspenso no intervalo por conta da forte chuva e reiniciado na tarde de segunda (13). Além disso, o Cruzmaltino ainda perdeu um jogador, João Pedro, expulso, no primeiro tempo do confronto contra os donos da casa. Nada que tirasse a determinação da equipe e da comissão técnica para buscar a classificação às oitavas de final, como destacou o técnico Alexandre Grasseli.

“Nós fizemos um plano diferente do que a partida se desenhou. Buscamos o ataque, mostramos a força da coletividade do Vasco para vencer a partida. Perdemos um pênalti, fizemos um gol e tivemos um jogador expulso ainda no primeiro tempo. E isso mudou totalmente o plano e o cenário. Por outro lado, essa mudança trouxe à tona uma equipe guerreira. Pedimos até no intervalo que cada um desse 10% a mais, que assim supriríamos a ausência do jogador a menos e acho que eles foram além disso. Deram o máximo que eles podiam e vimos uma equipe que se dedicou do início ao fim e não abdicou de jogar futebol. Não houve anti-jogo e isso é importante na formação”, explicou o treinador, antes de completar elogiando ainda mais o espírito de luta do grupo.

“Hoje o time se superou. A equipe adversária também buscou o gol nos espaços que encontrou, mas soubemos ter equilíbrio, fomos guerreiros, citamos até na preleção que queríamos o futebol raíz, de final, de decisão e foi isso que eles mostraram dentro de campo. Estão todos de parabéns, deram o máximo e estamos com a classificação confirmada. Valeu toda essa luta e essa força demonstrada”.

Grasseli também falou sobre o trabalho realizado pelo departamento de saúde do Vasco nos últimos dias. “O planejamento já é apertado na Copinha por conta do pouco tempo de descanso, mas por conta da divisão do jogo contra o Náutico, a comissão precisou traçar um novo trabalho de recuperação, que envolveu os setores de fisiologia, nutrição, fisioterapia e preparação física”.

O próximo confronto já é na quinta-feira (16/1), diante do Goiás, às 19h15, no Estádio Coronel Francisco Vieira e segundo o treinador, essa recuperação até a partida será fundamental.

“Tivemos uma situação atípica, o jogo contra o Náutico foi dividido em dois dias. Isso nos tirou um dia de folga e recuperação. Fizemos um planejamento especial para esse momento, envolvendo os departamentos de fisiologia, nutrição e preparação física. Investimos muito na boa alimentação e sono, além daquela recuperação pós-jogo, crioterapia e tudo que podemos fazer neste momento. A ideia é recuperá-los, ajustar o pensamento para o próximo jogo e manter o equilíbrio. A competição está afunilando, os adversários são mais fortes, outro perfil. Vamos enfrentar o Goiás, que é uma grande equipe, eliminou o Palmeiras, que tem um grande trabalho sendo desenvolvido. Agora é reorganizar, aplicar tudo que tem sido feito e se preparar para este jogo e levar o que de melhor nós temos”, finalizou o comandante do Vasco.

Comentários