Pular para o conteúdo principal

Anúncios

VÍDEO: Parte da cobertura do Moacyrzão não resiste à temporal e cai sobre arquibancada


Na tarde desta segunda-feira (6), as fortes chuvas de verão assolaram todo o estado do Rio de Janeiro. Entretanto, o Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo, o Moacyrzão, casa do Macaé, sofreu consequências. Em meio a tempestade, parte da estrutura da cobertura de um dos setores da arquibancada cedeu. Como não havia nenhuma atividade sendo realizada, o local estava vazio e a assessoria do clube confirmou que não houve feridos.

Vale ressaltar que o Moacyrzão passou por melhorias ao longo de todo 2019 e foi liberado para jogos e com a presença de torcedores no último mês, dando a oportunidade para o Macaé mandar partidas em casa, diferente da última temporada, onde o clube teve o Ferreirão, em Cardoso Moreira, como lar. Como o estádio é administrado pela Prefeitura de Macaé, o clube decidiu não se posicionar até que o Poder Público se pronuncie e dê mais informações sobre o ocorrido.

A próxima partida do Macaé, quarta-feira (8), contra o Americano, será fora de casa, no Ferreirão, e, desta forma, o clube poderá resolver a situação até sábado (11), quando tem partida marcada para o Moacyrzão, para fechar a Seletiva, diante da Portuguesa.

CHUVA EM MACAÉ
A Prefeitura de Macaé, através das equipes da Defesa Civil, Ordem Pública, Mobilidade Urbana, Desenvolvimento Social e Infraestrutura, monitora a cidade após forte chuva no fim da tarde desta segunda-feira (6). Segundo a Defesa Civil não há registro de vítimas.

Pela cidade verificou-se queda de árvore e tombamento de poste na Praça dos Navegantes, na Barra, que resultou em destruição parcial da Academia Municipal. Também na Barra, destelhamento parcial de uma das arquibancadas do Estádio Cláudio Moacyr de Azevedo foi registrado.

Quedas de árvores foram verificadas em alguns pontos da cidade, como Avenida Agenor Caldas, no bairro de Imbetiba; e de uma palmeira imperial na praça do Mercado de Peixes, no Centro.

Em caso de necessidade, a população deve contactar a Defesa Civil pelo 199.

Fonte: Com informações do FutRio

Comentários