Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Vitória heroica do Cano deixa Josué Teixeira em êxtase: "Estamos na briga"

De maneira inacreditável o Americano segue vivo na Seletiva. Na tarde deste sábado (4) no Laranjão, o Alvinegro Campista saiu atrás do marcador, empatou e chegou a virada com um gol aos 56 minutos do segundo tempo. Eufórico, Josué Teixeira comemorou muito o grande triunfo e ressaltou que o Cano vai lutar até a última rodada pela classificação.

- Precisávamos muito dessa vitória. Estávamos pressionados, sabíamos das dificuldades de jogar na casa do Nova Iguaçu e pelos outros resultados, tínhamos a consciência de que a classificação era difícil. Mas agora estamos na briga. Qualquer outro resultado não estaríamos na briga. Essa vitória, com virada no último minuto, recupera todo o ânimo do grupo - vibrou o treinador.

Josué Teixeira elogiou muito a calma, paciência e precisão do Americano no lance do gol da virada, brincou que o atacante Di Maria é sortudo, mas ressaltou a boa infiltração que ele fez no meio da zaga iguaçuana para fazer o gol.  

- Trabalhamos muito bem a bola e fizemos a jogada por dentro, pois sabíamos que o Di Maria é muito forte nessa infiltração entre os zagueiros e achamos essa bola que nos deu a vitória. Ele é um garoto sortudo, sempre faz gols importantes (risos) - disse.

O gol da vitória do Americano só foi sair aos 56 minutos do segundo tempo, pois o jogo ficou um bom tempo parado, já que o volante Paulo Henrique, do Nova Iguaçu, acabou desmaiando em campo. Mas para Josué Teixeira, Daniel Victor Costa Silva, árbitro do jogo, errou ao paralisar a partida e criticou um segurança da equipe Laranja que discutiu com o preparador físico do Americano.

- Na parada, eu achei que o erro foi da arbitragem. Eu falei para o árbitro, que o jogador estava fora do campo e a ambulância estava na área de escape. Ele não precisava parar o jogo. Se ele estivesse dentro de campo era outro caso. Veio a ambulância, teve tumulto, o chefe da segurança do Nova Iguaçu veio pra brigar com o nosso preparador físico e teve a confusão. Pra quê? Para o jogador não sair na ambulância e voltou para o jogo. Foi desnecessário parar o jogo - relatou.

Se tinha um jogo de vida ou morte contra o Nova Iguaçu, agora o Americano tem uma verdadeira decisão contra o Macaé. O jogo acontece no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira, às 15h de quarta-feira (8). 

Fonte: FutRio

Comentários