Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Americano visita Nova Iguaçu neste sábado, em seu último jogo fora de casa, no Grupo X


O Grupo X está completamente embolado, com todas as equipes com quatro pontos. Cada tropeço, pode deixar a equipe mais longe do sonho de se manter na Série A ou, ao menos, dificultar esse caminho. O Americano volta a campo neste sábado (08/02), contra o Nova Iguaçu, às 15h, no Laranjão.

Quem olhar para a classificação do Grupo X do Campeonato Estadual com três rodadas já disputadas, verá o Americano na lanterna. Entretanto, tudo pode mudar neste sábado (08_, quando começa o returno da competição que garantirá um clube na Seletiva de 2021. Isto porque, com os resultados da rodada anterior, todos os quatro concorrentes à permanência na primeira divisão somam quatro pontos. O America lidera pelo mesmo motivo que o Alvinegro de Campos ocupa a última colocação: o saldo de gols. Neste sábado, o Cano visita o Nova Iguaçu, no estádio Larajão, enquanto o America recebe o Friburguense no Giulite Coutinho, ambos às 15h.

— A gente praticamente começa uma competição do zero. Estamos atrás na questão do saldo, mas temos a oportunidade de começar o trabalho, vamos dizer assim, em igualdade com todos os adversários — disse o técnico Rafael Soriano, que vai para sua segunda partida à frente da equipe alvinegra.

Na quinta-feira (06), Soriano já havia adiantado que deseja repetir a escalação titular da vitória por 2 a 1 sobre o Friburguense, com Patrick; Sanderson, Gabriel, Espinho e Daniel Gonçalves; Abuda, Vandinho, Gean Miller e Pixote; Cláudio Maradona e Romário. Destes, Gonçalves, Vandinho e Romário aparecem como dúvidas para enfrentar o Nova Iguaçu por desgaste muscular. Todos realizaram tratamento e serão reavaliados.

Após o jogo de hoje, o Americano terá mais duas decisões contra America e Friburguense, respectivamente, como mandante. As partidas acontecerão no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira.

— A missão é vencer. Lógico que, se a gente for somando pontos, facilita. Quando cheguei, a gente falou que tinha quatro decisões. É fazer jogo a jogo. O próximo, contra o Nova Iguaçu, é um jogo difícil, fora de casa, com o adversário também brigando. Mas, a gente precisa vencer para depender só da gente. O importante é estar buscando sempre depender somente de Deus e de nós, sem precisar de resultados dos adversários — enfatizou o treinador alvinegro.

Classificação — O America lidera por ter saldo positivo de três gols. Friburguense e Nova Iguaçu têm números idênticos, ambos com saldo zerado, e o Americano está com saldo negativo em três. Ao final do Grupo X, os três últimos colocados terão que disputar o Grupo Z.

NOVA IGUAÇU
Para o atacante Fabinho, a vitória do Nova Iguaçu sobre o America veio no momento que a equipe mais precisava, já que os resultados anteriores não haviam sido os melhores.

- A vitória veio no momento certo. Estávamos precisando muito desses três pontos, pela tabela, pelos último resultados. Fico muito feliz pelo gol, mas o mais importante foi a entrega do grupo. Abraçamos a ideia da semana e colhemos. É bom, porém, já temos que pensar no próximo adversário. Vamos jogar em casa, será mais uma batalha.

Fabinho comentou sobre o Americano e mostrou estar engasgado com o rival de Campos. O atacante quer que o Nova Iguaçu aproveite o fator casa para sair vitorioso do confronto.

- Será a minha segunda partida contra o Americano. Para mim, é um adversário direto, pois eles (Americano) praticamente nos eliminaram do Carioca. Depois, fomos na casa deles e buscamos o empate. Agora é o terceiro jogo, é tudo ou nada. Temos que jogar melhor do que foi contra o America e aproveitar o fator casa. Isso vai nos ajudar bastante também.

Comentários