Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Especial "Campeonato Fluminense de futebol" de 1946 à 1955

Resultado de imagem para americano fc 1947
Nesta quarta (26/02), o GF ESPORTE prossegue com a série de matérias sobre a história do extinto Campeonato Fluminense de futebol profissional. O resgate do futebol realizado no antigo estado do Rio de Janeiro, antes da fusão, em 1975. A série também  é baseada no Livro "O ESTADO ESQUECIDO: A HISTÓRIA DO CAMPEONATO FLUMINENSE DE FUTEBOL PROFISSIONAL", de Aristides Leo Pardo e "História do campeonato fluminense de futebol", de Laércio Becker. Em destaque os anos de 1946 à 1955.

Em 1946, o campeonato não foi realizado. Se valia a regra do campeão da liga campeã do ano anterior, como fazer, já que o campeonato de 1945 foi vencido por um clube? Como o campeão foi o Serrano, da LPD, uma hipótese – muito bem levantada porAuriel de Almeida – seria conferir o título de 1946 ao campeão seguinte da LPD (campeã honorária), ou seja, o SC Internacional. É o que consideraremos também, pelo mesmo motivo explicado no parágrafo anterior.
Resultado de imagem para ec 1º de maio
Outro problema é o campeonato de 1949. Auriel de Almeida e o site RSSSF informam   como   não   disputado,   enquanto   a   Wikipedia   (nos verbetes do  campeonato fluminense de clubes e de seleções) informa Petrópolis (LPD) campeã. Talvez a Wikipedia esteja considerando válida a regra do campeão do ano anterior e é assim que informaremos na tabela abaixo


Em dezembro de 1951, a FFD criou a Divisão Estadual de Profissionais (DEP). Foio retorno ao profissionalismo. A DEP organizou dois campeonatos em 1952, um em cada semestre. Segundo Auriel de Almeida, o livro de Jorge Augusto Guimarães diz que o primeiro foi relativo a 1951 – caso em que desconsideraríamos o EC 1º de Maio campeão de 1951, cf. tabela acima. No entanto, Auriel informa que os jornais da época trataram o segundo como um “torneio extra”. 

Na realidade, ele foi organizado não porque o primeiro era relativo a 1951, mas para acomodar os novos clubes que se inscreveram na DEP. O Adrianino AC ganhou ambos os torneios, assim como o CR Flamengo em 1979, comoveremos mais adiante. Segundo o Caixa d’Água, esse torneio extra foi amistoso, mas o fato é que foi mais representativo.
Resultado de imagem para barra mansa fc 1951
Em 1953, vários clubes se filiaram à DEP. Os clubes de Niterói e Campos acharam que o campeonato estaria muito inchado e, por isso, o boicotaram; preferiram jogar seus torneios locais. Isso fez com que os campeonatos da DEP de 1953 a 1955 contassem apenas com clubes do Vale do Paraíba. Os clubes de Niterói e Campos pressionaram a FFD e ela decidiu o seguinte: o certame da DEP não seria mais considerado um título estadual, mas apenas um torneio do Vale do Paraíba; e o título estadual seria decidido apenas entre os campeões de Niterói, Campos e DEP (e os vices também, em 1954 e 1955). 

É claro que essa medida desagradou aos participantes do campeonato da DEP, bem como parte da imprensa. (Se lembrarmos que vários títulos fluminenses foram disputados apenas por clubes de Niterói, a carência de representatividade da DEP já tinha precedentes.)Em 1962, a FFD voltou atrás e reconheceu os campeonatos da DEP como títulos estaduais,enquanto os torneios entre os campeões de Niterói, Campos e DEP seriam considerados um super campeonato (vou chamar assim por ser um torneio entre campeões locais, ao contrário do torneio extra relativo a 1953). Também com status de título estadual, compartilhado.
Resultado de imagem para Goytacaz Futebol Clube história
O supercampeonato referente a 1954 não foi realizado. Tudo começou quando o Coroados FC, campeão da DEP, impôs muitas condições para participar do triangular final que definiria o supercampeão. Diante da recusa do clube, a FFD resolveu substituí-lo pelo vice-campeão, Royal SC. O Coroados protestou, a FFD quis reincluí-lo no triangular mas aí quem reclamou foi o Royal. Por isso, a FFD resolveu incluir os três vice-campeões,transformando o triangular num hexagonal. 

Por falta de datas, o torneio foi adiado sine die até que, no fim de 1955, segundo os jornais da época (cf. Auriel de Almeida), a FFD decidiu voltar à fórmula de um triangular só com os campeões e o Coroados desistiu. Isso levaria a uma final entre os dois outros, ou seja, Americano FC e Fonseca AC, mas Auriel informa que não localizou notícia dessa partida. Provavelmente, ela não foi jogada porque o Fonseca   também   desistiu,   motivo   pelo   qual   a   FFD   proclamou   campeão   estadual   o Americano FC, que é a versão do Caixa d’Água, adotada na tabela de campeões que consta no site oficial da FERJ. 


Nesta quinta (27/02), o Especial continua no GF ESPORTE, com o Campeonato Fluminense de 1956 à 1974. 

Comentários