Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Flamengo suspende treinos por tempo indeterminado devido a pandemia do coronavírus

Flamengo suspende treinos por tempo indeterminado Foto: Divulgação/Flamengo
Atividades suspensas no Flamengo. O rubro-negro anunciou, neste sábado, que todos os treinamentos envolvendo o elenco profissional, categorias de base ou futebol feminino estão suspensos por tempo indeterminado devido a pandemia do novo coronavírus. Os atletas continuarão em casa realização uma preparação especial.

Coronavírus:Dirigente do Flamengo recebe alta em Brasília, mas não pode voltar ao Rio

— O Clube de Regatas do Flamengo informa que colocou à disposição do Governo do

Em nota, o clube reforçou que "respeita e se solidariza com o momento delicado" que vive o esporte e "segue acompanhando os desdobramentos e posicionamentos dos governos Federal, Estadual e Municipal, FERJ e CBF".

Anteriormente, o Flamengo havia paralisado as suas atividades em 15 dias, o que terminaria na próxima segunda-feira. É consenso dentro do clube de que não existe segurança sanitária suficiente no Rio de Janeiro para permitir o retorno do elenco aos treinos. Uma opção cogitada era adiantar as férias dos jogadores.

Veja também:Se o Carioca acabar hoje, o Fluminense é campeão? Checamos

A última partida oficial disputada pelo Flamengo aconteceu em 14 de março, na vitória por 2 a 1 contra a Portuguesa, pela Taça Rio, no Maracanã. Desde então, com o avanço da doença no Brasil, os jogadores entraram em quarentena em suas residências e estão seguindo a planilha de treinos organizada pelo clube.

Neste sábado, o rubro-negro enviou alguns equipamentos do Ninho do Urubu para que o elenco siga a cartilha determinada pela comissão técnica. Gerson e Willian Arão tiraram fotos recebendo os equipamentos em casa.

Confira a nota do Flamengo:
"O Clube de Regatas do Flamengo informa que os treinos estão suspensos por tempo indeterminado.

O clube reforça que respeita e se solidariza com o momento delicado e segue acompanhando os desdobramentos e posicionamentos dos governos Federal, Estadual e Municipal, FERJ e CBF"

Comentários