Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Times e seleção da China começam a voltar para o país após pico de vírus

Rafael Silva - Wuhan Zall FC
Os clubes chineses que estavam trabalhando fora de seu país começam a retornar para a Terra do Dragão. O time de Wuhan, cidade em que teve o primeiro caso e onde a pandemia começou, estava treinando na Espanha, mas irá para Shenzhen, no sudoeste chinês. A decisão foi tomada devido as autoridades do clube perceberem que a situação na Península Ibérica está chegando em um estado crítico e pior do que está a região natal no momento.

O atacante Leo Baptistão, da equipe de Wuhan, corroborou com a ideia do time em voltar.

- A situação foi revertida. É melhor sairmos. Estamos mais em perigo (na Espanha).

Além do Wuhan Zall, outras equipes estão adotando as mesmas medidas, como o Guangzhou Evergrande, que estava treinando em Dubai, nos Emirados Árabes, e o Beijing Guoan. Além dos clubes, a própria seleção chinesa que havia montado um campo em Dubai está retornando para voltar a trabalhar na China.

Algumas cidades chinesas ainda estão sob quarentena, como a própria cidade de Wuhan, e por esse motivo a equipe não pode treinar na cidade natal. No entanto, os países europeus estão começando a ter o pico de transmissão da doença e só a Espanha já possui quase 300 mortos e mais de nove mil pessoas com a doença.

Comentários