Pular para o conteúdo principal

Anúncios

F1, Uefa, Paulistão: as notícias do coronavírus desta segunda

A paralisação das competições esportivas continua em voga mundialmente, mas as notícias em relação à pandemia do coronavírus não param de chegar neste início de semana. Confira tudo o que está rolando a seguir.

A Uefa e a Associação de Clubes Europeus (ECA) estão em contato para achar a melhor solução para readequar o calendário do futebol no Velho Continente após o impacto provocado pelo coronavírus. De acordo com informações da “Cadena SER”, a ideia que ganha força é a de retorno dos campeonatos nacionais em julho, enquanto a Liga dos Campeões e a Liga Europa seriam jogadas em agosto.
Um calendário da F1 com uma rodada dupla na Áustria e Grã-Bretanha pareceu ser uma boa opção no começo da semana passada depois que rumores surgiram. Mas o ex-piloto de F1 Derek Warwick, presidente do British Racing Drivers Clube, acredita que o GP britânico será adiado.

Uma das ideias que têm sido comentadas no círculo do futebol para garantir a manutenção da atual fórmula do Campeonato Brasileiro é a redução do intervalo mínimo para as partidas de 66 para 48 horas. Para o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, a opção é inviável.
Segundo o blog do PVC, duas videoconferências nesta semana devem começar a definir o futuro do futebol no Brasil após a paralisação. Na terça-feira, a Comissão Nacional de Clubes se reunirá, enquanto, na quarta, a decisão sobre retorno do Campeonato Paulista começará a ser debatida.

O Tottenham cedeu ao NHS (Sistema de Saúde Nacional do Reino Unido) as dependências do New Tottenham Hotsput Football Stadium. A estrutura do estádio servirá de base para realizar as análises dos testes da COVID-19 e ajudar o NHS com seus pacientes ambulatoriais. O estádio do Tottenham será o primeiro estádio entre os clubes da Premier League que será utilizado para esse fim.
Em entrevista ao jornal germânico Welt, Tomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, o adiamento da Olimpíada de 2020 para 2021 gerou um prejuízo de “centenas de milhões de dólares” para a entidade.

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA) ofereceu o Wembley e o St. George’s Park, o Centro de Treinamento da seleção inglesa, para ajudar a Premier League a completar a temporada de 2019/2020, segundo informado pelo jornal The Times.
A camisa de Rafael Nadal utilizada na final de Roland-Garros no ano passado arrecadou R$ 115 mil em um leilão beneficente realizado pela Liga de Basquete da Espanha (ACB).

Mario Isola, chefe da Pirelli, está atualmente trabalhando como motorista de ambulância na Itália, um dos países mais afetados pelo coronavírus. Segundo o Worldometer.info, existem mais de 150 mil infecções no país e quase vinte mil mortes.

Fonte: Lance

Comentários