Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Mundial de Tênis de Mesa é adiado pela segunda vez

Hugo Calderano, atleta brasileiro
Entre os transtornos que a pandemia da Covid-19 vem causando no cenário esportivo está o de adiamento ou cancelamento de torneios importantes. A Federação Internacional de Tênis Mesa (ITTF) adiou pela segunda vez o Campeonato Mundial da modalidade. 

Ainda sem data oficialmente definida, a entidade prevê que o torneio comece em 27 de setembro e termine em 04 de outubro, em Busan, na Coréia do Sul. No masculino, o Brasil será representado por Hugo Calderano, Vitor Ishiy, Eric Jouti e Gustavo Tsuboi. No feminino, por Caroline Kumahara, Bruna Takahashi, Giulia Takahashi e Jéssica Yamada.

Inicialmente, as partidas estavam marcadas para serem realizadas em março. Porém, após uma reunião emergencial do Comitê Executivo, a ITTF reprogramou o Mundial para junho, o que mudou novamente. A entidade não descarta uma outra alteração no calendário, caso necessário, e afirmou que vai continuar monitorando a disseminação do vírus pelo mundo.

Desde 2003, o Mundial é dividido da seguinte maneira: nos anos ímpares as disputas são individuais, já nos pares os confrontos são entre equipes. De acordo com os organizadores, o de 2020 terá cerca de 3 mil participantes, entre atletas e oficiais de equipe de aproximadamente 130 países.

No último dia 29, a ITTF já havia prorrogado a suspensão de todos os campeonatos até o dia 30 de junho.

Comentários