Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Goytacaz começa a planejar nesta semana a participação na Série B1

FFERJ suspende Goytacaz da Série B1; clube corre risco de sofrer ...
A diretoria do Goytacaz pretende traçar nesta semana um planejamento a respeito da escolha do novo treinador, para, posteriormente, iniciar a montagem do elenco visando a participação na Série B1 do Campeonato Estadual. No último dia 22, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ) divulgou que, após reunião de seu diretor de competições, Marcelo Vianna, com representantes dos clubes, foi definido que os jogos da Segundona vão começar no dia 15 de agosto.

— (A pandemia do novo coronavírus) afetou todos os investimentos traçados para o clube. Estamos estudando um novo planejamento para que possamos fazer o campeonato — disse o presidente do Goytacaz, Dartagnan Fernandes. — Na videoconferência, foi definido o início (da Série B1) para 15 de agosto, e o término para 04 de novembro, em virtude da última Seletiva (da Série A), que deve começar em dezembro — pontuou.

Segundo Dartagnan Fernandes, a nova comissão técnica do Goytacaz terá liberdade para definir nomes que devem ser buscados para integrar o elenco. Atualmente, o clube tem apenas dois atletas profissionais registrados no Boletim Informativo de Registro e Transferência (Bira) da Ferj: o lateral-esquerdo Caio Lyrio, de 20 anos, e o atacante Pepeu, de 21, ambos revelados nas categorias de base do próprio Goytacaz.

— Devemos fazer um novo planejamento para contratar o treinador com sua comissão técnica. Em relação aos jogadores, iremos contratar de acordo com a comissão. O planejamento irá definir, dentro de no máximo 10 dias, todas as situações com relação ao departamento de futebol — afirmou na entrevista concedida terça-feira (28).

A Ferj fará em breve nova reunião para tratar de assuntos pertinentes à realização da Série B1. Foi garantida aos clubes a manutenção do tradicional formato.

Copa Rio — O Goytacaz já foi diretamente afetado com o cancelamento da Copa Rio, que dá vaga a campeão e vice em uma competição nacional — a Copa do Brasil ou a Série D do Campeonato Brasileiro. O Goyta seria o único representante campista, inclusive com adversário definido na primeira fase, o Mageense, mas a competição foi uma das canceladas pela Ferj nesta temporada como medida de adequação do calendário.

Parceria já em vigor — Dartagnan Fernandes também comentou o vínculo com a empresa G7 Football Investment, anunciada em outubro do ano passado como parceira para atuar profissionalmente nas áreas de gestão e imagem do Goytacaz. A G7 tem como sócio e embaixador o ex-jogador Bebeto, campeão mundial pela Seleção Brasileira em 1994.

Chegou a ser agendado para o dia 23 de março o lançamento da parceria do Goyta com a G7. Mas, devido às recomendações governamentais a partir da pandemia do coronavírus, o evento foi cancelado e não teve nova data divulgada. Apesar de não ter ocorrido o lançamento simbólico, a G7 já atua nos bastidores do clube da rua do Gás.

— A parceria continua fazendo a parte física. Na prioridade, agora, vai partir para o futebol. A parceria já é uma realidade, os benefícios já estão surgindo — comentou o dirigente alvianil.

A parte física da atuação da G7 inclui obras de melhoria no estádio Ary de Oliveira e Souza (Aryzão), que ficaram paralisadas durante a última semana, mas, segundo Dartagnan, devem recomeçar nesta.
O projeto inclui reforma dos vestiários, das cadeiras cativas e da academia, entre outros setores da sede alvianil.

Fonte: MATHEUS BERRIEL - Folha da Manhã

Comentários