Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Botafogo confia em liberação do Nilton Santos e não pensa em plano B para retomada do Carioca

Hospital de campanha funciona no complexo do Maracanã — Foto: Alexandre Durão/Agência Estado
O Botafogo não cogita jogar no Maracanã ou em outro estádio no próximo domingo, às 11h, contra a Cabofriense, pelo Campeonato Carioca. O clube acredita ter cumprido as exigências da Vigilância Sanitária e confia na liberação do Estádio Nilton Santos após nova vistoria prevista para o fim da manhã desta sexta-feira.

Segundo a Ferj, caso o estádio não seja liberado, Botafogo e Fluminense, que pediu para enfrentar o Volta Redonda no Nilton Santos, teriam que jogar no Maracanã. Mas os clubes, aliados na posição contrária ao retorno do futebol nesse momento, não querem mandar as partidas no local que abriga um hospital de campanha para tratar pacientes com coronavírus.

A principal pendência apontada pela Prefeitura do Rio de Janeiro foi o túnel de bio-descontaminação. Com base em recomendações da Anvisa, que não vê eficácia nas cabines, a Vigilância pediu que o clube suspendesse o uso do equipamento, o que será cumprido.

A fiscalização ainda identificou ausências de dispensadores de álcool em gel e sabão líquido em lavatórios, de álcool em gel nas áreas de acesso e circulação, lixeiras inoperantes e falta de lixeiras com tampas acionadas por pedal, ausência de funcionários de limpeza e de cartazes informativos sobre as Regras de Ouro para a prevenção da Covid-19.

O Botafogo se prontificou a atender às solicitações, mas "estranhou" as divergências entre os protocolos da Ferj e da prefeitura, visto que o clube se preparou para o retorno às atividades seguindo as recomendações dos médicos dos clubes e da federação.

O Botafogo voltará a jogar o Campeonato Carioca depois de mais de três meses de quarentena e apenas oito dias de treinos presenciais. O último jogo foi o empate em 1 a 1 com o Bangu, no dia 15 de março. A partida contra a Cabofriense vale pela quarta rodada da Taça Rio, que tem o clube alvinegro no quarto lugar do Grupo A, atrás de Flamengo, Boavista e Portuguesa-RJ.

Comentários