Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Napoli elimina Inter e vai enfrentar a Juventus na final da Copa da Itália

Graças a um gol do belga Dries Mertens e às defesas do colombiano David Ospina, o Napoli se classificou para a final da Copa da Itália, ao empatar em 1 a 1 com a Inter neste sábado, após a vitória por 1 a 0 no jogo de ida.

Na próxima quarta-feira, em Roma, e com os portões fechados, o Napoli vai buscar o título contra a Juventus, que se classificou no sábado após empatar em 0 a 0 com o Milan, e se valer do empate em 1 a 1 da primeira partida.

Esses jogos de volta da 'Coppa' marcam o retorno do 'Calcio' após mais de três meses de paralisação da temporada devido à pandemia do novo coronavírus, que afetou seriamente a Itália.

A Serie A será retomada no dia 20 de junho e a Juventus lidera, mas com apenas um ponto de vantagem sobre a Lazio, no momento em que faltam doze rodadas para o final do campeonato. A equipe de Turim luta pelos dois títulos, enquanto para o Napoli a Copa da Itália pode ser a salvação de uma temporada ruim na liga, onde sua presença nos torneios europeus não está garantida na próxima temporada.

A Inter abriu o placar deste sábado aos 3 minutos, com um gol olímpico do dinamarquês Christian Eriksen, que teve a colaboração de Ospina. Apesar desse lance infeliz, o goleiro colombiano se tornou um dos heróis da classificação, especialmente na reta final da partida, quando o time de Milão partiu para o ataque em busca da vitória, e o goleiro sul-americano evitou o segundo gol com várias boas defesas.

O caminho para a final começou a se desenhar pouco antes do intervalo com o gol de Mertens, concluindo um passe de Lorenzo Insigne após um rápido contra-ataque (41).

Foi o 122º gol de Mertens, de 33 anos, com a camisa napolitana, o que o torna o maior artilheiro da história do clube, posição que ele compartilhava até este sábado com o eslovaco Marek Hamsik. Ele tem sete gols a mais do que o argentino Diego Maradona, autor de 115 gols em sua fase no Napoli.

Embora não houvesse público devido às restrições sanitárias provocadas pelo novo coronavírus, a rede estatal RAI informou que um pequeno grupo de torcedores do Napoli se reuniu em torno do estádio San Paolo e lançou fogos de artifício quando o belga marcou seu gol.

Comentários