Pular para o conteúdo principal

Anúncios

No retorno do Espanhol, Sevilla vence clássico contra o Bétis por 2 x 0

Sevilla x Betis Campeonato Espanhol
Torcida só no sistema de som. Com as arquibancadas vazias para tentar diminuir ao máximo os riscos de contaminação do coronavírus, Sevilla e Bétis retomaram as atividades do Campeonato Espanhol nesta quinta (11/06), no estádio Ramon Sanchez Pizjuan, em clássico válido pela 28ª rodada. Em campo, o Sevilla foi superior e venceu o clássico da Andaluzia por 2 x 0, com gols de Ocampos, de pênalti e Fernando.

Com o resultado, o Sevilla se mantém firme na 3ª posição, com 50 pontos, seis atrás do vice-líder, Real Madrid. O Bétis permanece na 12ª colocação, com 33 pontos.

A 28ª rodada do campeonato espanhol continua nesta sexta, com Granada x Getafe, às 14h30 e Valencia e Levante, às 17h. O Barcelona entra em campo no sábado, às 17h, para enfrentar o Mallorca, e o Real Madrid pega o Eibar, domingo, às 14h30.

O jogo
No começo da partida, as principais oportunidades de gol foram do Sevilla. Primeiro, com o argentino Ocampos, que meteu uma bola no travessão da meta do goleiro Robles. Depois, após cobrança de escanteio, o zagueiro Koundé apareceu de surpresa e quase abriu o placar. Aos 26, foi a vez do grandalhão De Jong desviar de cabeça após cruzamento de Munir. A bola, no entanto, não encontrou o fundo das redes.

Pelo lado do Bétis, apesar da boa atuação do lateral brasileiro Emerson e do meia Fekir, a equipe visitante não conseguiu quebrar as últimas linhas de defesa do adversário e o primeiro tempo acabou em 0 x 0.

2º tempo
O zero no placar não demorou para ser apagado no retorno para o segundo tempo. Aos 8 minutos, o árbitro marcou falta de Bartra em cima de Lahoz após bola alçada na grande área. Ocampos colocou no lado contrário do goleiro Robles e fez 1 x 0 para o Sevilla.

A pressão dos donos da casa continuou e, aos 16 minutos, o brasileiro Fernando entrou na área e, de cabeça, vazou pela segunda vez o goleiro do Bétis do jogo após um lindo toque de letra de Ocampos.

No fim, o Bétis ainda ensaiou uma pressão, mas não conseguiu incomodar, de fato, a defesa do rival.

Comentários