Pular para o conteúdo principal

Anúncios

Presidente da Conmebol projeta final da Libertadores em 2021 e não garante Maracanã

Flamengo é o atual campeão da Libertadores
A final da Libertadores de 2020 não está confirmada no Maracanã, como havia sido divulgado inicialmente. Em entrevista à Rádio Rivadavia 630, da Argentina, o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, afirmou que o local pode mudar dependendo da evolução da pandemia no Brasil.

O dirigente afirmou que a prioridade é manter a final para o Rio de Janeiro, mas que ainda não há como garantir e isso só será analisado no futuro.

“Sobre a final única e o estádio do Maracanã é todo um tema. Temos que avaliar como segue o vírus e sua evolução. Nosso desejo segue sendo o mesmo, mas estamos presos a isso”, explicou.

O dirigente ainda disse que não há como prever quando serão disputadas as partidas e que não há pressa para retomar a competição por enquanto.

“Se for preciso jogar no dia 30 de dezembro, jogaremos. Em janeiro de 2021 também. O calendário será flexível e o primordial será a saúde”, afirmou.

“Não tenho datas previstas, claro que gostaríamos, mas sabemos que o vírus está em plena evolução e sabemos que estes próximos meses serão difíceis. Mais adiante esperamos que, com os protocolos, possamos retomar a competição”, concluiu.

Comentários