Bruno Soares é campeão nas duplas do US Open

Ao lado de Mate Pavic, da Croácia, brasileiro Bruno Soares conquista no US Open o seu sexto título em Grand Slams

Esportes de Quadra 11 de setembro de 2020 às 00h03
Granger Ferreira / GFEsportes.com.br

O brasileiro Bruno Soares se sagrou novamente campeão da chave de duplas do US Open. Atuando ao lado de Mate Pavic, a dupla formada pelo brasileiro e o croata derrotou o holandês Wesley Koolhof e o croata Nikola Mektic por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3, e confirma o título do Grand Slam dos Estados Unidos.

O título desta temporada é a quarta conquista em Nova York por parte de Bruno Soares. O tenista mineiro já havia ganho o título das duplas masculinas em 2016, em parceria com o britânico Jamie Murray, e conquistou a competição das duplas mistas duas vezes, em 2012 e 14, com Ekaterina Makarova e Sania Mirza, respectivamente.

“Significa muito pra mim. Treinamos muito nestes cinco meses de folga, trabalhando para este momento. Estou extremamente feliz. É um ano difícil para todos. Estou muito feliz pelo trabalho que todos colocaram neste evento para nos dar a oportunidade de voltar à quadra. Para começar com um título de Grand Slam, acho que é uma maneira muito positiva de voltar para nós”, avaliou o brasileiro logo após a conquista.

Mais um para a coleção
Em matéria de Grand Slams, o título confirmado nesta quinta-feira é o sexto na carreira de Bruno Soares. Além das conquistas nos Estados Unidos o atleta também foi campeão do Australian Open, duas vezes em 2016, tanto nas duplas masculinas, com Jamie Murray, quanto nas duplas mistas, com Elena Vesnina.

A conquista do US Open foi apenas a segundo de Bruno Soares ao lado de Mate Pavic, com quem forma parceria desde a temporada passada. Anteriormente a dupla havia vencido apenas o Masters 1000 de Xangai.

Por conta da pandemia, a disputa desta temporada acabou sendo mais curta que o comum. Por conta disso, a pontuação para o ranking da ATP acabou sendo reduzida. Pelo título, Soares e Pavic receberão 1000 pontos e devem melhorar as suas atuais posições de 27 e 17 no ranking de duplas, respectivamente.  A dupla garantiu ainda o prêmio de 400 mil dólares (pouco mais de R$ 2 milhões).

O título de Bruno Soares é o 36º Grand Slam do tênis brasileiro. A maior vencedora é Maria Esther Bueno, que conquistou quatro títulos de simples e mais quatro nas duplas. Em duplas masculinas a conquista desta temporada representa a quinta vez do Brasil. Isso porque além das três conquistas de Bruno, o país já comemorou dois títulos de Marcelo Melo.

O jogo
O primeiro set foi extremamente disputado. Os quatro tenistas demonstraram um ótimo aproveitamento nos saques e confirmaram os seus serviços na sequência até o 12º game. No entanto, Bruno Soares conseguiu atuar de maneira espetacular no fundo da quadra e confirma a quebra e o set na segunda oportunidade de break point na parcial, finalizada em 7/5.

Na segunda parcial as duas duplas pareciam mais dispostas a arriscar para conseguir uma quebra mais cedo. Bruno Soares e Mate Pavic aproveitaram a tarde pouco inspirada de Koolhof para confirmar o break point no sexto game. A vantagem foi bem administrada até o final da parcial e do game, fechando a partida com

BRUNO SOARES E MATE PAVIC 2x0 WESLEY KOOLHOF E NIKO MEK

Fonte: GF ESPORTE
Todos os direitos reservados Desenvolvido por Jean Moraes