Benson Kipruto e Diana Kipyiogei vencem Maratona de Boston

O queniano Benson Kipruto, de 30 anos, foi o grande vencedor da Maratona de Boston, que regressou em pleno após 910 dias de ausência devido à pandemia

Atletismo 11 de outubro de 2021 às 12h30
Granger Ferreira / GFEsportes.com.br

A prova começou a ser decidida a partir daí, com um pelotão formado com cerca de 15 atletas. Se antes o ritmo de todos foi de certo modo controlado, os ataques começaram a acontecer. No entanto, o mais forte foi dado por Benson Kipruto, que tinha como recorde pessoal 2h05m13, alcançado em Toronto 2019. 

O queniano jamais foi apanhado pelos seus rivais e terminou a prova com o tempo de 2h09m51, numa clara demonstração de poder, já que terminou a corrida claramente em força.

Pode ser uma imagem de 3 pessoas e texto

Nas posições seguintes ficaram os etíopes Lemi Berhanu, com 2h10m36, e Jemal Yimer, com 2h10m37. O melhor norte-americano foi Colin Bennie, com 2h11m26 (sétimo). Já o valente CJ Albertson terminou no 10.º lugar, com 2h11m43, sem sombra de dúvida um dos nomes da edição deste ano.

Se na prova masculina tivemos um aventureiro, na feminina também tivemos uma, concretamente Diana Kipyiogei, que, pouco antes do km 30, atacou de forma inesperada, ainda mais por não ser uma das favoritas. Foi apanhada quilómetros depois pela etíope Netsanet Gudeta (acabou por terminar na quarta posição), mas a queniana reagiu e isolou-se novamente para jamais ser apanhada pelas adversárias. 

Pode ser uma imagem de texto
 
Até hoje, tinha duas maratonas nas pernas, com o seu melhor tempo alcançado em Istambul no ano passado, com 2h22m06. Agora em Boston, cruzou a meta com o tempo de 2h24m45.

O pódio foi 100% queniano, com Edna Kiplagat, vencedora de Boston em 2017 e hoje com 41 anos, com 2h25m09, e Mary Ngugi, com 2h25m20. A melhor norte-americana foi Nell Rojas, sexta, com o tempo de 2h27m12

Fonte: Corredores Anônimos
Todos os direitos reservados Desenvolvido por Jean Moraes